Desbravando a Gruta da Glória na Estrada Parque de Itu

A Estrada Parque de Itu é uma histórica rodovia que margeia o Rio Tietê e que faz parte de uma importante área de preservação ambiental do interior paulista. Ao longo dos seus mais de 48km de extensão há algumas atrações interessantes e que merecem uma visita, como a Gruta da Glória.

  • Como foi o passeio:

Eu e o Dani, meu companheiro de passeio, estávamos indo para Itu pela rodovia e bem na divisa entre Itu e Cabreúva, avistamos a Gruta da Glória na beira da estrada. Como havia um recuo no acostamento, paramos o carro e fomos desbravar o local. A gruta natural de pedra tem um grande arco na entrada e uma bica de água natural que escorre da mata através de um cano e que é muito usada principalmente por ciclistas e trilheiros da região.

Trecho da Estrada Parque em frente à Gruta da Glória
Olha eu na entrada da gruta

Subindo o primeiro lance de degraus, há um espaço com bancos para descanso, uma mesa e uma pequena imagem de Nossa Senhora. Havia também vestígios de oferendas religiosas e, infelizmente, muitas pichações nas paredes.

Ao lado da imagem da santa pode-se ler na pedra o nome do ex-presidente Washington Luís, que mandou construir a rodovia onde está a gruta, e o nome de Heitor Penteado, o secretário de obras da época. Relatos de época também dizem que o próprio Washington Luís e sua equipe utilizou o interior da gruta em 18 de fevereiro de 1922 para realizar um piquenique.

Dali, seguimos por uma íngreme e estreita escadaria que leva até o topo da gruta – todos os corrimões foram trocados em 2020 pela prefeitura de Itu e pelo Grupo Pierre Martin de Espeleologia. Lá no alto há um belíssimo mirante natural que oferece um novo olhar do Rio Tietê e dos morros e vegetação ao redor – a sensação de paz é muito grande.

Ficamos cerca de 20 minutos na gruta e de lá, partimos para o Restaurante Gruta da Glória, localizado bem ao lado. O espaço é simples e rústico, mas tem um bom atendimento e algumas opções bacanas no cardápio, como curau cremoso e polenta.

Restaurante

Na parte externa do restaurante há alguns casarios abandonados, um pequeno oratório e bastante vegetação, com destaque para um grandioso jequitibá-rosa.

  • Se localize:

 

Veja o que ver e fazer em Indaiatuba.

Conheça o famoso Vinho do Papa de Jundiaí na Adega Maziero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *