Camposanto Monumentale: história e arte no Cemitério de Pisa

O Camposanto Monumentale, também é conhecido como Camposanto Vecchio, é o antigo cemitério da cidade de Pisa e um dos edifícios históricos mais importantes e imponentes da cidade. Justamente por isso, uma visita ao Camposanto se torna também um dos passeios mais legais para se fazer em Pisa – sem falar em sua excelente localização, bem ao lado da famosa Torre Inclinada.

Com obras iniciadas em 1278 pelo artista Giovanni di Simone sobre um já existente cemitério, o Camposanto foi originalmente projetado para ser uma igreja dedicada a Santíssima Trindade (Santissima Trinita). Porém, com o passar dos anos, o projeto foi alterado para ser uma necrópole, sendo que a construção só foi finalizada em 1464.

Os inúmeros túmulos do Camposanto

O mais legal são as várias lendas que cercam o local. Uma delas (a mais famosa), diz que o Camposanto foi construído sobre terras que foram trazidas diretamente de Jerusalém, justamente de onde Jesus Cristo foi crucificado. Esse solo sagrado chegou aqui por Ubaldo de Lanfranchi, que foi arcebispo de Pisa, durante a IV Cruzada no século XII. Por isso, dizem que qualquer corpo enterrado ali se dissolverá em apenas 24 horas.

  • A minha visita

Para visitar o interior do Camposanto, é necessário comprar o ingresso que é vendido em dois pontos de venda situados na Piazza dei Miracoli: um no Centro de Informações Turísticas e outro no Palazzo della Ópera.

Esse ingresso pode ser comprado individualmente ou em conjunto com outras duas atrações da praça: Batistério e Museu delle Sinopie.

Ingresso para uma atração: €5
Duas atrações: €7
Três atrações: €8

Eu optei pelo ingresso que dá direito a duas atrações, o Camposanto e o Batistério – você pode conferir como foi a minha experiência nesse que é o maior Batistério da Itália aqui.

Curiosamente, eu não havia lido nada a respeito do Camposanto antes da minha visita, então, a compra do ingresso para visitá-lo foi apenas por curiosidade em saber o que havia por detrás daquelas grandiosas paredes ao lado da Catedral. E para a minha surpresa, o local é um cemitério haha – o que para mim não foi nem um pouco ruim, já que adoro arte tumular e a visita a cemitérios sempre está em meus roteiros.

Ah, lembrando que nesse ingresso também não está incluído guia, então a visita é feita por conta própria. Mas claro, você pode contratar guias credenciados na cidade.

Ingresso comprado, me dirigi até a porta principal – o edifício do Camposanto tem duas portas, uma voltada para o Batistério e outra para a Catedral – e foi nessa última que fui.

Essa grandiosa porta é coroada por um intrincado tabernáculo gótico, que apresenta a Virgem Maria com o Menino Jesus, rodeada por quatro santos, detalhes que chamam a atenção de todos que passam pela praça. Esse tabernáculo foi projetado por um seguidor de Giovanni Pisano no final do século XIV e contrastam com os 43 arcos cegos da parede externa.

Assim que entrei, fiquei admirado com a grandiosidade do lugar. O edifício retangular é formado por 4 amplos salões interligados e que de um lado tem lindos afrescos medievais e do outro, grandes colunas varadas que são voltadas para um jardim central.

Aliás, a característica mais admirável do Camposanto Monumentale de Pisa são justamente esses afrescos em suas paredes. Criados em 1360, eles foram muito danificados durante um ataque a bomba em 1944. Com o fim da II Guerra Mundial, um amplo trabalho de restauração foi iniciado, devolvendo assim o telhado e boa parte dos afrescos.

Um dos afrescos restaurados

Ao longo desses corredores, estão espalhados centenas de túmulos e sarcófagos romanos de alto valor histórico, assim como esculturas e urnas etruscas e romanas – uma das principais coleções do gênero na Itália.

Entre os túmulos famosos, destaque para o Sarcófago de Giratto, esculpido por Biduino entre 1170 e 1176 e famoso por suas inscrições:

+ BIDUINUS MAISTER FECIT HANC TU(M)BAM A(D) D(OMI)N(U)M GIRATTUM
Que significa: Maestro Biduino fez este túmulo para o senhor Giratto – localizado na borda superior.

+ HO(MO) KE VAI P(ER) VIA: PREGA D(EO) DELL’ANIMA MIA: SÍ COME TU SÈ EGO FUI: SICUS EGO SU(M) TU DEI ESSERE
Que significa: homem que passa na rua: roga a Deus pela minha alma: eu fui como você é agora (ou seja, vivo): você deve se tornar como eu sou (ou seja, morto) – localizado na borda inferior.

Fonte da imagem: Wikipedia

Além disso, muitos túmulos estão no próprio chão do edifício, assim como nos jardins internos.

Inclusive, o pátio interno do edifício foi projetado com arcos de volta perfeita, dando um ar imponente ao prédio. Não é permitido andar pelo gramado, mas você pode observar o pátio através das duas rampas que cortam o espaço.

Continuando com o tour, também visitei uma das três capelas existentes no Camposanto: Capela Ammannati, Capela Aulla e Capela Dal Pozzo – apenas essa última estava aberta para visitação no dia da minha visita.

A Capela Ammannati foi construída em 1360 e recebeu o nome de um professor da Universidade de Pisa, Ligo Ammannati. Na Capela Aulla, um altar foi feito por Giovanni della Robbia em 1518, assim como também abriga a lanterna original utilizada por Galileu Galilei. Já a Capela Dal Pozzo foi construída por ordem do arcebispo de Pisa Carlo Antonio Dal Pozzo, em 1594 e tem um altar e uma pequena cúpula dedicada a São Jerônimo.

Eai, o que achou do Camposanto? Eu, particularmente, gostei bastante da visita, sendo um dos lugares mais interessante que estive na cidade. Por isso digo que valeu a pena o ingresso, mesmo sendo um passeio rápido: fiquei cerca de 30 minutos ali dentro.

  • Horário de funcionamento

> 9h às 19h – outono/inverno
> 8h às 22h – verão

  • Se localize:

Piazza dei Miracoli (Piazza del Duomo), N° 17, 56126 Pisa – Itália.
Telefone: +39 050 835011

 

  • Outros posts sobre a Itália:

Viagem pela Costa Amalfitana: Um dia em Positano

Roteiro de um dia em Lucca, a bela cidade da Toscana

O que ver e fazer em Roma: roteiro de 3 dias

Como ir de trem para as ruínas de Pompeia e Herculano a partir de Nápoles

Conhecendo os castelos medievais de Nápoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *