Via San Gregorio Armeno: a rua dos presépios de Nápoles

Há muitas coisas para fazer em Nápoles, mas uma visita aqui não seria completa sem um passeio pela rua mais famosa e charmosa de Nápoles, a Via San Gregorio Armeno. Localizada no distrito de San Lorenzo, no coração do Centro Histórico de Nápoles, a rua de aspecto medieval é conhecida por ser o lugar onde “todos os dias é Natal”, por reunir as melhores lojas e artesões especializados em artigos para presépios, uma tradição iniciada há vários séculos e exportou para o mundo a representação do presépio napolitano.

  • O presépio napolitano

A tradição dos presépios da Via San Gregorio Armeno tem origem nos tempos clássicos. Onde hoje se localiza a Igreja de San Gregorio Armeno havia um templo dedicado a Ceres, deusa romana da agricultura, da fertilidade da terra e da colheita, ao qual os cidadãos ofereciam pequenas estatuetas de terracota, feitas nas lojas próximas, como forma de agradecimento. O nascimento do presépio napolitano é, naturalmente, muito posterior e remonta ao final do século XVIII, mas se iniciou justamente nessas lojas.

Atualmente, há lojas e oficinas que produzem e vendem estátuas feitas em terracota retratando personagens da natividade, mas também celebridades e políticos como Sofia Loren, Lady Gaga, Lionel Messi, Barack Obama, Donald Trump e os membros da família real. Destaque para os estabelecimentos da família Ferrigno, no número 8, e da família Fratelli Capuano, número 28, onde é possível acompanhar boa parte da produção desta estátuas.

Esta mistura de sagrado e profano pode chocar os mais puritanos, mas resume perfeitamente a complexidade desta cidade e a incrível ironia e criatividade dos artesãos que transformam notícias mundiais e eventos especiais em uma forma singular de arte.

Muitos dos históricos presépios fabricados na San Gregorio Armeno estão exposto em museus da cidade, como o Museu de San Martino ou o Palácio Real de Caserta.

Atrações na Via San Gregorio Armeno

Claro que os presépios são as maiores atrações da rua, mas apesar de pequena, há inúmeros outros pontos de interesse histórico e cultural nela:

  • Igreja de San Gregorio Armeno

A igreja homônima é um dos complexos barrocos mais importantes de Nápoles. Foi construído no século X sobre as ruínas de um templo romano dedicado a Ceres, a antiga deusa da agricultura e da fertilidade, por um grupo de freiras que fugiram de sua terra natal com as relíquias do bispo da Armênia, São Gregório.

A fachada é bastante simples, com três arcadas encimadas por quatro pilastras da ordem toscana, enquanto o interior é magistralmente decorado com afrescos de Luca Giordano , com numerosos detalhes dourados. O retábulo-mor abriga a Ressurreição de Giovanni Bernardo Lama.

Mas o maior destaque vai para a torre do sino que conecta as duas alas do complexo monástico e que passa por cima da Via San Gregorio Armeno.

Torre do Sino
Interior da Igreja de San Gregorio Armeno – Fonte: Wikipedia
  • Igreja de San Gennaro all’Olmo

No passado esta construção foi uma capela-igreja pertencente ao complexo religioso de San Biagio Maggiore. Desconsagrada, o espaço é atualmente uma organização cultural pertencente a Fondazione Giambattista Vico. Estudos recentes indicaram também que os ossos dos santos Biagio e Gregorio estavam dispostos sob a igreja.

  • Piazza San Gaetano

Esta movimentada praça presta homenagem a San Gaetano, fundador da Ordem dos Clérigos Regulares Teatinos e proclamado santo em 1671. Seu túmulo se localiza dentro da Basílica de San Paolo Maggiore, que por sua vez se localiza em frente a essa praça. Uma estátua em sua homenagem se encontra do centro. A praça também abriga a Igreja de San Lorenzo Maggiore.

Piazza San Gaetano e a Via San Gregorio Armeno ao lado
Basílica San Paolo Maggiore
  • Melhor época para ir

Os presépios podem ser apreciados durante todo o ano, já que as lojas e ateliês não fecham. Porém, os meses de novembro de dezembro são os mais movimentados, pois antecedem o natal. Eu visitei a San Gregorio em meados de março e havia bastante movimento.

  • Como chegar

A Via San Gregorio Armeno localiza-se entre a Via San Biagio Dei Librai e a Piazza San Gaetano e a melhor maneira de chegar nela é caminhando, já que o Centro Histórico de Nápoles não é um lugar muito convidativo para quem está de carro.

Se você, por exemplo, estiver hospedado perto da Piazza Garibaldi, ou na área da estação central, você deve atravessar a praça e seguir para o Corso Umberto I (também conhecido como “Rettifilo”) e em dez minutos chegará na San Armeno.

Já a estação de metrô mais próxima é a Estação Dante, localizada na Piazza Dante e pertencente a Linha 1. Desta praça até a San Armeno são apenas 10 minutos de caminhada.

 

É seguro viajar por Nápoles? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *