Parque do Cinquentenário, o mais belo parque de Bruxelas

Para marcar o quinquagésimo aniversário da independência da Bélgica, o rei Leopoldo II ordenou a construção de alguns edifícios que corresponderiam ao significado do evento. Com isso, uma grande área aberta de parques e museus foi projetada para ocupar um antigo campo de treinamento militar localizado nas redondezas da área central da cidade. Surgia assim o Parque do Cinquentenário, o mais belo parque da capital belga.

A ideia inicial era construir um complexo com duas grandes alas, unidas por uma grande colunata semicircular, que deveria estar pronta para as comemorações de 1880. Até essa data, porém, só houve tempo de construir as duas zonas de exposição – só em 1905 que todo o projeto foi completamente concluído.

O que você pode encontrar aqui agora é um grande parque formado por um lindo jardim francês no centro e vários jardins ingleses nas laterais. Nas zonas com maior cobertura arbórea, que datam de 1888, pode-se desfrutar de um agradável passeio à sombra de acácias, olmos e castanheiras. Além disso, este local é muito frequentado, sobretudo aos fins de semana, quando os habitantes de Bruxelas vêm frequentemente passar um dia tranquilo ao ar livre.

Fonte no jardim

  • Atrações:

Grande Mesquita de Bruxelas

Em um dos cantos do jardim está o antigo “Panorama do Cairo”, um edifício de estilo árabe construído em 1880 e que desde 1978 funciona como um local de culto. É a maior e mais antiga mesquita de Bruxelas e é a sede do Centro Cultural e Islâmico da Bélgica, que opera uma escola e um centro de pesquisa islâmico.

Arco do Triunfo

Provavelmente o que mais chamará sua atenção no parque, mesmo à distância, é o impressionante Arco do Triunfo. Inspirado no Arco de Paris, este monumento apresenta, na sua base, uma decoração alegórica das províncias belgas e, no topo, uma escultura intitulada “Brabante erguendo a bandeira nacional”. Esta escultura é uma das mais apreciadas pela população da cidade devido ao seu carácter totalmente patriótico, e foi desenhada por Jules Lagae e Thomas Viçotte.

Você notará que o Arco do Triunfo está conectado aos dois edifícios laterais por uma grande colunata. Esses edifícios contêm dois museus importantes: o Museu do Exército Real e de História Militar e o Museu Real de Arte e História.

Museu do Exército Real

À esquerda está o Museu do Exército Real, fundado em 1910 e transferido para o local atual em 1923. Aqui, estão expostas armas e roupas militares do século XIII até os dias atuais. Você pode, portanto, ver itens associados à aviação, medalhas, canhões, sabres e uniformes. Além disso, há uma área interessante sobre a Guerra da Independência de 1830 e duas novas seções que cobrem as duas guerras mundiais.

Museu Real de Arte e História

Do outro lado, o Museu Real de Arte e História, também conhecido como Museu do Quinquagésimo Aniversário, é um dos maiores da Europa. Este museu abriga uma enorme coleção de amostras da civilização humana desde o período pré-histórico até os tempos atuais. Possui mais de 140 quartos que incluem itens como uma grande coleção de peças africanas e uma grande variedade de obras maias, astecas e incas. Da mesma forma, tem seções no Egito, Grécia, Pérsia e Oriente Próximo. Existem também algumas coleções significativas de renda, tapeçarias e vitrais, e exemplos de móveis medievais.

AutoWorld

Se você é um amante de automóveis, não deixe de visitar o Autoworld, um prestigiado museu de automóveis antigos. Aqui, você pode admirar o primeiro carro Benz, de 1886, ou o modelo T Ford de 1924. Além disso, há expostos motores antigos e o Cadillac que já foi usado pelo presidente Kennedy.

Túnel Belliard

Apesar de não ser exatamente uma atração turística, o Túnel Belliard já faz parte da paisagem do Parque do Cinquentenário, por cortar toda a sua extensão.

  • Se localize:

Endereço:  1000 Brussels, Bélgica.

 

Conheça as curiosas estátuas que fazem xixi em Bruxelas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *