Conheça a Praia de Canasvieiras em Florianópolis

Florianópolis é conhecida nacionalmente por suas lindas praias e por ser uma ilha, opções não faltam em seu longo litoral. E uma das mais famosas é Canasvieiras, que não dá nome apenas a praia, mas também, ao bairro e ao distrito onde está situada. Localizada no norte da ilha, entre as praias de Jurerê e Cachoeira do Bom Jesus e com uma extensa (mas estreita) faixa de areia, Canasvieiras, apesar de não ser uma das praias mais bonitas de Floripa, é uma das mais limpas e estruturadas. Bem urbana, a praia não estava cheia quando a vistei, mas havia vários vendedores ambulantes por suas areais.

Não se sabe ao certo a origem do curioso nome Canasvieiras, mas as duas hipóteses mais difundidas são a de que um fazendeiro conhecido como Senhor Vieira tinha uma grande plantação de cana-de-açúcar onde hoje é o distrito. A outra é a grande quantidade de canas da espécie “cana-viera” que foram cultivadas na região. Independente da origem do nome, Canasvieiras é há muito tempo uma das praias mais visitadas da cidade, sendo inclusive uma das mais requisitadas pelos turistas uruguaios e argentinas, que constantemente lotam o litoral catarinense. A presença de nossos vizinhos latinos é tão grande que boa parte do comércio do bairro tem atendimento em espanhol.

Falando em comércio, Canasvieiras tem uma infraestrutura completa para o turista, com lojas diversas, restaurantes, lanchonetes e hotéis, alguns deles a beira mar (para os mais variados estilos e bolsos).

Um dos acessos à praia
  • Como chegar

Para chegar até Canasvieiras, tomei um ônibus amarelo na plataforma C do Terminal Integrado do Centro, que fica situado ao lado da Praça XV e que custou uns R$6,00 na época (2015). O bus levou cerca de uma hora para chegar no distrito, já que ele fez muitas paradas nos pontos. Com o auxilio do cobrador do ônibus, desci a apenas uma quadra da praia, na Avenida das Nações.

Saindo do Terminal do Centro (TiCen) até o Terminal Integrado de Canasvieiras (TiCan) existem duas linhas, a 221 e a 266, que passa pela Praia Brava.

Para quem for de carro, boa parte dos 27 km entre o centro e a praia são feitos pela SC-401. É só passar pelos retornos de Cacupé e Sambaqui e pelos acessos das praias de Jurerê e Ingleses, até chegar ao trevo de Canasvieiras. Depois é só seguir reto até chegar no litoral.

Avenida das Nações, uma das principais vias de acesso à praia
Olha eu :3

Conheça a Praia de Itararé em São Vicente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *