10 atrações imperdíveis para você conhecer em Estocolmo

Estocolmo é uma das cidades mais fascinantes da Europa, sendo considerada também a mais bela capital dos países nórdicos. Eu ainda não tive a oportunidade de conhecer outros lugares dessa região, mas posso afirmar, com toda a certeza, que Estocolmo impressiona de todas as maneiras, seja pela beleza de seus monumentos, pela limpeza e organização de suas ruas ou pelos grandes canais que cortam a cidade.

Panorama de uma das ilhas que formam Estocolmo

Com quase um milhão de habitantes e com inúmeros pontos de interesse histórico e turístico, são necessários ao menos 3 dias em Estocolmo para desbravar com calma seus encantos. Mas caso não haja muito tempo, separei aqui 10 das principais atrações da cidade que não podem faltar em seu roteiro:

  • Catedral de Estocolmo (Storkyrkan)

A mais antiga igreja da cidade foi inaugurada em 1306, mas sua construção provavelmente começou no século XIII. No interior, a catedral ainda mantém muito de sua aparência medieval na forma de uma igreja salão com um teto abobadado sustentado por pilares de tijolos. Durante a Idade Média, foi dedicada a São Nicolau, mas após a Reforma na Suécia, passou a ser uma igreja luterana, não formalmente dedicado a qualquer santo.

Localizada ao lado do Palácio Real, foi palco de eventos históricos em inúmeras ocasiões e foi usada como igreja de coroação da família real durante séculos. Mais recentemente, em 2010, o casamento entre a princesa herdeira Victoria e Daniel Westling ocorreu aqui.

  • Sergels torg (Praça de Sergel)

Construída na década de 1960 e batizada em homenagem ao escultor do século 18, Johan Tobias Sergel, cuja oficina ficava ao norte da praça, esse é um dos espaços de convívio mais movimentados e polêmicos da cidade, pois sua construção resultou na demolição de vários prédios históricos.

A região em torno da praça é uma das mais modernas da cidade, com muitas lojas de departamento, grandes avenidas e altos prédios – fazendo um contraste muito interessante com a parte antiga, localizada a poucas quadras dali. Destaque também para a fonte em forma de superelipse, que a noite é iluminada.

Grande avenida paralela a Sergels torg
  • Palácio de Drottningholm

Localizado na ilha Lovön em Ekerö, cidade há cerca de 10km de Estocolmo, esse palácio é uma das residências oficiais da família real sueca. Construído no século 16, o palácio e seus jardins em estilo barroco fazem parte da lista da UNESCO de Patrimônios da Humanidade, principalmente por causa de seu teatro de ópera, um dos mais antigos em funcionamento na Europa.

Fonte: Wikipedia
  • Kungsträdgården

Originalmente, esse era o jardim do palácio renascentista de Makalös, construído entre 1635 e 1643. O parque, porém, só foi aberto ao público em geral séculos depois,  tornando-se um dos locais de convívio preferidos dos moradores. Em 1825, o Castelo Makalös, na parte sul do parque, pegou fogo e jamais foi reconstruído.

No parque, atualmente, existem vários cafés e restaurantes ao ar livre, além de fontes, monumentos e instalações culturais. Ele também abriga concertos e eventos ao ar livre no verão, enquanto oferece uma pista de gelo no inverno.

  • Museu do Vasa

Esse interessante museu temático tem como maior atração o Vasa, o mais famoso navio sueco. Construído no século XVII a mando do Rei Sueco para ser o navio de guerra mais potente da época, o Vasa naufragou em 1628, no dia de sua viagem inaugural, Encontrado no fundo do mar 333 nos depois, o Vasa foi restaurado e colocado para exposição em um museu temático que conta sua história e recria aspectos da vida sueca no século XVII. Rapidamente o Vasa caiu na graça da população, se tornando o museu mais famoso da Suécia e o mais visitado dos países escandinavos, com mais de 1 milhão de visitantes anualmente.

Saiba mais sobre o  museu aqui.

  • Palácio Real

Este magnífico palácio é a residência oficial e o principal palácio real do monarca sueco (a residência atual do Rei Carl XVI Gustaf e da Rainha Silvia fica no Palácio de Drottningholm). Os escritórios do Rei e dos outros membros da Família Real Sueca e a Corte Real da Suécia, porém, ainda estão aqui.

Concluído em 1760, o interior do palácio consiste em 1.430 quartos, dos quais 660 têm janelas. Atualmente, os museus alojados no palácio são: Livrustkammaren, Museu de Antiguidades de Gustav III, O Tesouro e o Museu Tre Kronor, todos eles abertos ao público.

  • Stortorget

Esta é a praça mais antiga de Estocolmo, no qual a cidade medieval foi gradualmente surgindo. Rodeada de belos e coloridos edifícios e palco de manifestações e apresentações artísticas, a praça é conhecida também por seu mercado anual de Natal, que oferece artesanato e comida tradicionais.

  • Parque de diversões Gröna Lund

Fundado em 1883 por James Schultheiss, este pequeno parque de diversões as margens da Ilha Djurgården marca o horizonte da cidade e oferece mais de 30 atrações, além de ser palco de shows e concertos (um dos maiores da história foi o de Bob Marley em 1980).

  • Stadshus (Prefeitura de Estocolmo)

Um dos prédios mais imponentes de Estocolmo, a atual sede do governo e do parlamento da cidade foi construída entre 1911 e 1923, seguindo o estilo do romantismo nacional sueco. Seu grande marco é a torre de 106 m de altura que oferece belíssimas vistas da região. São 365 degraus até o topo da torre. Além do mirante, há um museu na torre onde estão expostas modelos dos bustos e estátuas da Câmara Municipal, bem como amostras dos mosaicos do Salão Dourado.

Olha eu com a prefeitura ao fundo

Pátio interno do edifício
  • Elevador Katarina (Katarinahissen)

O Katarina é um elevador de passageiros que conecta Slussen (área baixa) à Södermalm (área alta). A estrutura original foi construída em 1881, mas o elevador atual data de 1936. O Katarina está fechado desde 2010 devido à falta de segurança na construção, mas ainda é possível acessar o mirante no topo do elevador através de uma passarela em Södermalm. Lá do alto, se tem uma das melhores vista da cidade. É de arrepiar (se possível, vá no final da tarde, para apreciar o pôr do sol.

Fonte: Wikipedia
No alto da passarela
A fantástica vista do topo do elevador
  • Se localize:

 

Conheça Malta, um paraíso escondido no meio do Mediterrâneo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *