Rotunda de Mosta, uma das maiores igrejas de Malta

Embora Mosta não seja um dos principais pontos turísticos a surgir em sua pesquisa quando você está planejando férias nas ilhas maltesas, a histórica cidade tem uma das maiores jóias arquitetônicas do país: a Rotunda de Mosta!

Mas você pode estar pensando: o que há de tão especial em uma igreja no meio de um movimentado centro da cidade? Bem, não se trata apenas da igreja, mas também da arquitetura impressionante e única deste magnífico local de culto católico romano e das histórias que ela tem para contar.

  • História:

Domo de Mosta, Ir-Rotunda (a Rotunda), il-Bażilika (a Basílica), il-Knisja tal-Mosta (a igreja de Mosta) – esses são apenas alguns dos nomes que os locais usam para se referir a ela. Oficialmente, seu nome é Basílica da Assunção de Nossa Senhora, uma vez que foi elevada ao status de basílica menor pelo Vaticano em julho de 2018.

Inicialmente uma igreja menor (conhecida como Ta ‘iri – Ziri) construída em 1614 costumava ocupar o local exato onde a igreja atual se localiza. Giorgio Grognet de Vassé (arquiteto maltês) foi quem propôs que um novo projeto neoclássico baseado no Panteão Romano fosse adotado para substituir a antiga igreja renascentista. Com isso, a impressionante estrutura foi construída em apenas 28 anos, entre 1833 e o início da década de 1860.

A fachada da igreja possui um pórtico com seis colunas jônicas e é ladeada por duas torres sineiras.

Sua principal característica, que lhe confere o nome de rotunda, é uma espetacular cúpula, com uma altura externa de 61 metros e um diâmetro de 39,6 metros, podendo ser vista das cidades ao redor. A cúpula é tão grande que já foi considerada a terceira maior do mundo!

O interior também é deslumbrante, pintado de azul, dourado e branco e decorado com cores ricas e estátuas, molduras de estuque e elementos decorativos. Há também oito nichos e uma baía contendo a entrada principal e uma abside profunda que inclui o altar principal.

  • O milagre da bomba

Em 9 de abril de 1942, durante a II Guerra Mundial, cerca de 300 fiéis estavam reunidos na igreja para a missa por volta das 16:40, quando uma bomba aérea alemã de 500 kg atravessou o teto e abriu um buraco no chão. No total, três bombas foram lançadas sobre a igreja – duas desviaram sem explodir e uma atravessou o teto.

Felizmente, ninguém foi ferido ou morto porque a bomba não detonou. O povo maltês altamente religioso da época declarou que isso era um milagre e um sinal da intervenção divina de Deus, que estava protegendo a nação durante a guerra.

Membros da unidade de Descarte de Bombas da Royal Engineers desativaram a bomba e a jogaram no mar na costa oeste de Malta. No entanto, uma réplica dessa bomba é exibida na sacristia como uma forma imortalizar esse momento.

  • Festas religiosas

A procissão da Sexta-feira Santa, na qual várias pessoas escolhem usar a kunfratija – uma capa branca ou preta para indicar piedade e penitência – é uma das mais famosas festas de Malta. Muitos também decidem andar descalços como um sinal de arrependimento por seus pecados.

Uma ocasião menos sombria e mais divertida é a Festa da Assunção de Nossa Senhora, que acontece todo dia 15 de agosto (feriado em Malta). Pode-se apreciar a banda, os estandes com artigos coloridos à venda e outros com deliciosas iguarias locais, como o imqaret e nougat.

Praça em frente a Igreja
  • Informações importantes

Endereço: Praça da Rotunda, Mosta
Valor para todas as idades: 2 € (Sacristia) + 1 € para visitar os Abrigos de Guerra
Horário: Seg-Sex 9: 30-17: 00h | Sáb 9: 30-16: 30h | Dom 12: 00-16: 00h
A visita leva cerca de 30 a 60 minutos

  • Se localize:

 

  • Bônus: conheça a cidade de Mosta

Aproveite sua ida a Rotunda e ande pelas ruas de Mosta, com suas tradicionais e típicas casas. Localizada bem no meio da Ilha de Malta, Mosta é uma das maiores cidades do país, com uma população de mais de 20 mil habitantes.

As ruas de Mosta

As ruas de Mosta

Saiba tudo sobre como é viajar por Malta aqui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *