6 atrações imperdíveis em Dresden, uma das mais belas cidades alemãs

Dresden, capital do estado alemão da Saxônia, é uma das maiores cidades barrocas da Europa, localizada a cerca de 30 quilômetros ao norte da fronteira com a República Tcheca e as margens do rio Elba. Foi a sede dos governantes saxões, que esbanjaram suas fortunas em imponentes palácios e altas igrejas e deixaram a cidade com suas vastas coleções de arte e antiguidades. Completamente destruída durante a II Guerra Mundial, Dresden foi reconstruída e hoje guarda preciosidades, como as 5 atrações que destaco a seguir:

  • Castelo de Dresden

Esse majestoso castelo foi por quase 400 anos a residência dos eleitores (1547-1806) e dos reis (1806-1918) da Saxônia, da linha Albertine da Casa de Wettin. Com diferentes estilos arquitetônicos que vão do barroco ao neo-renascentista, o Castelo de Dresden é hoje um complexo de museus: o Cofre Verde Histórico e o Novo Cofre Verde , o Gabinete Numismático , a Coleção de Gravuras, Desenhos e Fotografias e o Arsenal de Dresden com a Câmara Turca e a Ala Renascentista. Também abriga uma biblioteca de arte e a administração das coleções de arte do estado de Dresden.

  • Frauenkirche

A Frauenkirche de Dresden ou Igreja Luterana de Nossa Senhora tem mais de mil anos de história, já que as diferentes igrejas predecessoras já eram dedicadas à Mãe de Deus e usavam o nome Frauenkirche. No século 18, foi criado o famoso edifício abobadado George Bährs, que moldou a paisagem urbana de Dresden por duzentos anos. Pouco antes do final da Segunda Guerra Mundial, porém, a igreja foi destruída e suas ruínas foram deixadas por 50 anos como memorial de guerra, antes de serem reconstruídas entre 1994 e 2005.

  • Catedral da Santíssima Trindade (Hofkirche)

Essa é a principal igreja católica de Dresden, projetada pelo arquiteto Gaetano Chiaveri e construída entre 1738 e 1751 em frente ao rio Elba. A igreja foi encomendada por Augusto III, já que enquanto a população em geral era protestante, seus governantes eram católicos. O Rei Católico construiu a catedral para seu próprio uso e para o uso de outras autoridades de alto escalão, conectando-a à sua casa, o Castelo de Dresden, com uma ornamentada passarela.

  • Palácio Zwinger

Essa é minha atração favorita na cidade. O Palácio Zwinger de Dresden é famoso em todo o mundo por imponência e bela arquitetura barroca. Foi construído em 1709 durante o reinado de Augusto, o Forte. Sobreviveu a conflitos violentos como a Guerra dos Sete Anos e as Guerras Napoleônicas, mas foi completamente destruído durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje reconstruído, o Zwinger e os jardins do palácio que o acompanham são gratuitos e abertos ao público. Vários museus importantes estão alojados em suas dependências. Não deixe de subir nos terraços do palácio (eles proporcionam algumas das melhores vistas.

  • Ópera Semper

A Ópera Estadual Saxônica (ou simplesmente Semper) é a mais importante casa de óperas e teatro da cidade. Originalmente construída pelo arquiteto Gottfried Semper em 1841, foi completamente reconstruída em 1878 após um grande incêndio que destruiu toda a estrutura em 1869 e novamente reconstruída em 1985, após os bombardeios da II Guerra Mundial. Localizada na Praça do Teatro, no centro de Dresden, na margem do Rio Elba, a Ópera é um dos melhores exemplos da “Dresden Barroca”.

  • Brühl’s Terrace

Apelidado de “Varanda da Europa”, esse terraço se estende em uma das margens do rio Elba, entre a Praça Neumarkt, recentemente reconstruída, e a Frauenkirche. Oferecendo belíssimas vistas do rio e com um ambiente super agradável, o terraço é um dos lugares preferidos dos moradores e turistas para passear, observar as pessoas e tomar um café. Nele estão localizados edifícios importantes da cidade, como a Sächsisches Ständehaus, a Academia de Belas Artes, o Albertinum e a escadaria com quatro esculturas.

 

Albertinum
Academia de Belas Artes

  • Se localize:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *