Os tradicionais bazares de Istambul e o melhor das especiarias turcas

Na Turquia, os tradicionais mercados ou ruas permanentemente fechadas onde bens e serviços são trocados ou vendidos são chamados de bazar (bazaar), e os de Istambul são os mais famosos e visitados do país. E não é para menos, além da belíssima arquitetura, praticamente todo o tipo de mercadoria é vendida em seus interiores. É também um dos melhores lugares para você conhecer a rica e sensacional cultura turca, em especial a peculiar forma em que os comerciantes negociam.

Por isso, destaco abaixo três dos maiores bazares de Istambul para você não deixar de incluir em seu roteiro de viagem.

As tradicionais lamparinas turcas são um dos itens encontrados nos bazares de Istambul. Fonte: Wikipedia
  • Grand Bazaar (Kapalıçarşı)

Maior e mais visitado bazar de Istambul, além de ser um dos maiores e mais antigos mercados cobertos do mundo, o Grand Bazaar é formado por 61 ruas cobertas e mais de 4.000 lojas em uma área total de 30.700 m2, empregando mais de 26 mil pessoas e atraindo quase 400 mil visitantes por dia! É tanta gente circulando pelos corredores do bazar que em 2014, ele foi listado em primeiro lugar entre as atrações turísticas mais visitadas do mundo, com 91 milhões de visitantes anuais.

A construção do núcleo do futuro Grand Bazaar começou em 1455, logo após a conquista otomana de Constantinopla e foi parte de uma iniciativa mais ampla para estimular a prosperidade econômica de Istambul, sendo assim, é também frequentemente considerado um dos primeiros shopping centers do mundo. Com o tempo, o bazar foi crescendo e hoje é dividido por setores, como temperos, móveis, tapetes, etc… e que são acessadas por 22 entradas, sendo que há 4 portões oficiais:

Portão dos Vendedores de Livros Usados (Sahaflar Kapısı) no norte
Porta dos Vendedores de Calota Craniana (Takkeciler Kapısı) no sul
Porta dos joalheiros (Kuyumcular Kapısı) no leste
Porta dos Tecidos das Mulheres (Zenneciler Kapısı) no oeste

Em seu interior é possível encontrar as mais diversas especiarias e produtos turcos, com especial destaque para os tapetes, as lamparinas, as joias, os temperos e os doces turcos, como o baklava, feito de mel e frutas secas, e os gelatinosos “turkish delights”

O Grande Bazaar está aberto todos os dias, exceto domingos e feriados, das 09h às 19h.

Uma das entradas do Grand Bazaar
Os coloridos tapetes turcos

Um loja com as tradicionais lamparinas turcas

  • Arasta Bazaar (Arasta Çarşısı)

Este pequeno bazar é formado por uma única rua comercial coberta com mais de 70 lojas que vendem cerâmicas, azulejos, lenços, kilims e diversas lembrancinhas de viagem. Mas o grande foco do Arasta Bazaar são suas belíssimas lojas de joias e de tapetes e estofados.

O bazar foi construído no século XVII por funcionários otomanos sob um antigo palácio bizantino, sendo que muitos mosaicos que pertenciam a este palácio podem ser vistos atualmente em exposição. Já o aluguel cobrado de suas lojas eram destinadas a manutenção da Mesquita Azul (Mesquita do Sultão Ahmed), localizada na rua de trás.

Horário de funcionamento: Todas as lojas do Arasta Bazaar abrem de segunda a sábado, das 9h às 19h.

Fonte: melhoresdestinos.com.br

  • Bazar de Especiarias (Mısır Çarşısı)

Historiadores dizem que este imponente mercado foi primeiramente chamado de “Novo Bazar”. Em seguida, recebeu o nome de “Bazar Egípcio” (em turco: Mısır Çarşısı) porque foi construído com as receitas do eyalet otomano do Egito em 1660. Já a palavra mısır tem um duplo significado em turco: “Egito” e “milho”, o que faz seu nome ser traduzido incorretamente como “Bazar do Milho”.

Desde sua construção em 1660, o espaço é o centro do comércio de especiarias em Istambul, sendo que nos últimos anos, lojas de outros segmentos estão sendo abertas em seus corredores. São ao todo 85 lojas.

Fonte: Wikipedia

Dicas

> Barganhar muito faz parte da cultura turca, por isso, nunca aceite o preço inicial informado pelos produtos, pois eles podem sair por até metade do preço após essa “negociação”.

> A quantidade de pessoas circulando pelos corredores dos maiores bazares, como o Grand Bazaar e o Bazar de Especiarias, é muito grande, por isso, sempre tome cuidado com seus pertencer pessoais.

> Pessoas com fobia devem tomar cuidado ao circular pelo Grand Bazaar, pois o complexo de ruas cheias onde você não vê saída pode assustar.

> Os três bazares são facilmente acessados a pé, mas caso prefira utilizar o sistema de trens de superfície de Istambul, a estação mais próxima do Grand Bazaar é a Beyazit e do Bazar de Especiarias é a Eminonu. Já a estação Sultanahmet é a mais próxima do Arasta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *