Coronavírus: dicas para viajantes em época de pandemia

Por Danilo Pessôa

Vai viajar para a Europa? Para a Ásia? Vai viajar, seja lá para qual lugar for? Em época de pandemia global de Coronavírus (Covid-19), há algumas medidas que podem e devem ser tomadas por viajantes para se prevenirem.

Primeiramente, vale lembrar que a orientação do governo é a de que viagens não essenciais devem ser remarcadas. Especialmente se tratando de viajantes com mais idade, já que a mortalidade da doença pode chegar a 15% em idosos. Segundo o Procon-SP, é possível cancelar ou reagendar vôos sem que haja o pagamentos de multa, já que o órgão de defesa do consumidor considera que o viajante não deve ser obrigado a expor sua saúde.

Se, apesar disso, você precisar viajar para lugares como Europa ou China – locais onde a situação está mais crítica -, ou realizar qualquer outra viagem, ainda que no próprio Brasil, fique atento com as seguintes dicas:

  • Não associar a doença a uma nacionalidade, gênero, credo ou etnia. Por ser um novo vírus, todas as pessoas do mundo estão suscetíveis, já que não têm anticorpos.
  • Use álcool em gel. Lavar as mãos é fundamental.
  • Não fique em locais com grande aglomeração de pessoas.
  • Está tossindo? Espirrando? Então use máscaras. Mais até do que para pessoas saudáveis, a máscara deve ser utilizada para que o suspeito não transmita a doença aos outros.
  • Verifique o lugar para onde você vai viajar. Cerca de 50% dos vôos internacionais e 30% dos nacionais foram cancelados pelas companhias aéreas. Fique atento. Segundo o governo, a situação deve se agravar já nas próximas semanas. O mesmo acontece para viagens de navios de cruzeiro.
  •  Limpar smartphones. Por estar sempre à mão, o celular pode ser um transmissor da doença. Dessa forma, é importante higienizar o aparelho, no geral utilizando lenço de papel umedecido em álcool em gel.

Apesar da atual crise e do momento que requer atenção, não fique em pânico. Os casos na China, epicentro da doença, já começaram a cair. Ou seja, a tendência é a de que o mesmo aconteça nos outros lugares do mundo. A nossa próxima viagem pode até ter sido adiada, mas não é um coronavírus que fará com que nós deixemos de ser um viajantes sem fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *