Pedreira-SP: 10 atrações além da porcelana

Pedreira é conhecida nacionalmente como a capital nacional da porcelana. E não é para menos. A pequena cidade da Região Metropolitana de Campinas reúne mais de 500 lojas que vendem os mais diversos produtos para a casa: de decoração, utensílios de cama mesa e banho, presentes diversos e claro, muita coisa em porcelana. Mas a cidade tem muitas outras atrações além das louças, o que a torna um dos principais centros comerciais e turísticos do circuito das águas paulista. Vamos conhecer essas atrações? 😉

  • Informações práticas:

Nome: Pedreira
Estado: São Paulo
Fundação: 1896
População: 47 mil (2018) – 149° estado | 728° país
Gentílico: pedreirense
IDH: 0.769 – 115° do estado entre 645 municípios
Distância até a capital: 135 km.

Atrações:

1°) Estação Ferroviária e Feira de Arte e Artesanato

Localizada ao lado da Praça João Godói, a Estação Ferroviário é uma das construções mais bonitas e simbólicas da cidade. Inaugurada em 10 de novembro de 1875, a estação fazia parte do ramal de Amparo, construída pela Companhia Mogiana. Foi fechada em 1967 e os seus trilhos foram retirados pouco tempo depois. Revitalizada, chegou a sediar um museu histórico até se tornar um centro de arte e artesanato. Uma pequena feira também é montada do lado externo da extensão e vende os mais diversos produtos.

2°) Igreja Matriz de Sant’Anna

A bela Igreja de Sant’Ana, Matriz de Pedreira, foi construída no início do século XX em estilo que se remete ao neogótico, apresentando duas grandes torres laterais que de tão imponentes podem ser vistas de vários pontos da cidade. Já seu interior é bem simples, sem grandes ornamentações, com exceção dos belíssimos vitrais laterais que retratam cenas bíblicas. Porém, o grande destaque da igreja fica por conta da pequena Capela do Santíssimo, localizada ao lado do altar principal e que tem lindas e coloridas pinturas sacras.

A Igreja Matriz fica localizada na Praça Sant’Ana, bem no centro da cidade, ao lado do Teatro Municipal. A praça é bem arborizada e tem um monumento em homenagem aos 100 anos da cidade. A igreja fica fora do grande eixo comercial , que fica na região da estação de trem, mas é de fácil acesso.

Capela do Santíssimo

3°) Praça Coronel João Pedro

Por estar localizada no coração da área comercial de Pedreira, entre as ruas Vasconcelos e Vanderlei José Vicente, essa  praça é cercada por inúmeras lojas e casarões históricos, sendo um interessante local para convívio e descanso. Pequena e pouco arborizada, a praça tem alguns monumentos, como o da Rotary Club e o busto em homenagem ao Coronel João Pedro, um dos fundadores da cidade.

4°) Zoobosque

Ainda pouco conhecido pela maioria dos turistas, o ZooBosque Prefeito Adolpho Lenz possuí mais de 33.000 mts2 de mata nativa preservada e que abriga inúmeras espécies de animais e aves. O Zoo também abriga playground, área para pequiniques, quiosques e lanchonete, além de ser sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Revitalizado recentemente, o Zoo abre aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h, com entrada gratuita.

Localização: Rua Santos Dumont, s/n, Morumbi.

5°) Capela do Bom Jesus

Localizada no alto de um morro já na entrada do eixo urbano de Pedreira e bem próximo ao grande centro comercial, a Capela do Bom Jesus é também uma das mais antigas da cidade, já que começou a ser construída em 1896 e foi inaugurada um ano depois, em 1897. Foi construída a mando da família de um dos fundadores da cidade, o Coronel João Pedro de Godoy Moreira, sendo que as próprias terras onde a igreja foi construída foram doadas pela família. A igreja tem uma arquitetura eclética e bem simples, com algumas bonitas ornamentações na sua fachada. A pequena capela em si está super bem conservada, mas a área ao seu redor merecia mais cuidados.
Já a pequena praça em frente tem vários bancos para descanso e oferece uma das mais belas vistas da cidade, onde se pode avistar toda a área central e também o morro do Cristo.

Localização: Rua Vasconcelos esquina com a Floriano Peixoto, Centro.

6°) Prédio da Prefeitura

Na minha humilde opinião, mais bela construção histórica da cidade, o edifício foi construído em 1834 para ser residência do pai do fundador de Pedreira, o coronel João Pedro de Godoy Moreira e de sua esposa. Porém, quando Pedreira foi elevada a condição de Município, o prédio passou a ser sede da Câmara Municipal e posteriormente da Prefeitura Municipal.

Localização: Praça Epitácio Pessoa, n. 3, Centro.

7°) Museu Histórico e da Porcelana

Mais importante centro cultural da cidade, o Museu Histórico e da Porcelana de Pedreira visa resgatar a história e a cultura da cidade que é conhecida no país inteiro por ser a capital da porcelana, além de resgatar a história de vários personagens ilustres. Seu acervo é formado por fotografias, peças em porcelana, móveis e objetos antigos. Há também uma área para exposições temporárias. Apesar de sua relevância, o museu ficou por muitos anos fechado, até ser reaberto em maio de 2004 com o acervo atual. Entrada gratuita.

Localização: Praça Cel. João Pedro, 102, Centro.

8°) Morro do Cristo

Um dos maiores símbolos da cidade, o Complexo Turístico Morro do Cristo, justamente por ser um dos pontos mais altas de Pedreira, oferece uma belíssima vista de toda a área urbana ao redor.  O acesso ao morro foi aberto em 1932 pelos soldados constitucionalistas, que ali fizeram suas trincheiras. Desde então, o morro foi urbanizado, recebendo equipamentos como a Praça Nossa Senhora Aparecida, o Monumento a Revolução Constitucionalista e o grandioso portal de inspiração bíblica. Já na década de 1980 recebeu as Estações da Via-Sacra.

Localização:  Avenida Joaquim Carlos, Centro.

Morro do Cristo visto da Capela do Bom Jesus
Entrada do Morro do Cristo
Estrada que leva até o topo do morro

9°) Rio Jaguari

Principal rio da região, o Jaguari corta a cidade e é uma importante área ambiental, reduto de inúmeras espécies. Em alguns pontos, pequenas ilhas verdes se formam e o acesso é feito através de pontes pênseis. A pesca esportiva é liberada em alguns pontos e paralelo ao rio também funciona uma ciclovia muito utilizada por pedestres, patinadores, ciclistas e skatistas.

10°) Casarões históricos do centro

Se você é amante de história e arquitetura, a região central de Pedreira guarda algumas surpresas. Fundada em 1896, a cidade ainda preserva alguns casarões históricas do início do século passado que seguem o estilo colonial e eclético, sendo que a maioria deles se localiza em torno da praça Cel. João Pedro. Apesar de vários deles estarem bem conservados, outros foram, infelizmente, descaracterizados com o tempo para receber lojas do comércio popular.

Casarão na Rua Vasconcelos
Casarão na rua XV de Novembro
Casarão na Praça Cel. João Pedro

Como chegar:

Integrante do Circuito das Águas, Pedreira é facilmente acessada pela Rodovia João Beira. Localizada há apenas 44 km de Campinas, para acessa-la dessa cidade basta pegar a Rodovia Adhemar Pereira de Barros e na altura de Jaguariúnas, acessar a Rodovia João Beira.

 Já para quem vem de São Paulo, os 138 km podem ser percorridos pela Rodovia Anhanguera até o Anel Viário Magalhães Teixeira em Campinas, acessar a Rodovia Adhemar de Barros e depois a João Beira.

A Rodovia João Beira também liga Pedreira às demais cidade do interior. Por ser a principal via de acesso à cidade, é comum encontrar transito lento aos finais de semana, principalmente no trecho em que ela corta a área comercial.

Se localize:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *